quarta-feira, 31 de julho de 2013

Seremos imortais?

A morte é mais lenta do que parecia e pode ser revertida. Pesquisadores identificaram a onda de morte que percorre o corpo e perceberam que é possível ressuscitar o individuo em alguns casos.


Um novo estudo revela que a morte de organismos, incluindo os seres humanos, se espalha de forma semelhante a uma onda, de célula em célula, até que o indivíduo esteja morto. A boa notícia é que os pesquisadores acreditam que, em alguns casos, é possível reverter o quadro, ressuscitando a pessoa ou atrasando a morte.

Existe uma dificuldade em fazer esse tipo de estudo, afinal, são poucas as pessoas que topariam ser cobaias, o que diminui muito as chances de se conseguir “amostras” para isso. Dessa forma, os pesquisadores se concentram em fazer testes com alguns tipos de vermes que, surpreendentemente, têm mecanismos semelhantes aos encontrados em mamíferos.

A pesquisa que foi publicada na revista PLoS Biology está chamando a atenção da comunidade científica e pode ser o início de uma revolução na forma como encaramos a morte – e na própria mortalidade humana.

Uma coisa fascinante sobre os vermes é que, conforme eles morrem, a propagação da morte pode ser visualizada facilmente em microscópio. No caso deles, isso ocorre por meio de uma luz azulada fluorescente, que indica calcificação.

O fenômeno da “vassoura em pé"


A internet foi inundada recentemente, com contos de vassouras que ficar de pé por si mesmas. Vídeos e fotos apareceram online mostrando vassouras domésticas em pé, perfeitamente na posição vertical, sem qualquer meio visível de apoio.

O fenômeno das “vassoura em pé" sido atribuído a tudo, desde a atividade paranormal até erupções solares. Os cientistas acreditam que o ato de equilíbrio incomum é resultado de um acúmulo de eletricidade estática, mas não um de uma explosão solar.

"Para que esse nível de eletricidade estática criado por uma erupção solar, teríamos um enorme monte de problema", disse o professor de física George Lolos. "Se tivesse vindo de uma labareda solar, a energia teria fritado cada satélite e avião."

terça-feira, 30 de julho de 2013

O sapo que reproduz por buracos nas costas


Este sapo é  incomum. Conhecido por  Sapo Suriname, ou Sapo Chola, o animal é, na verdade, um exemplar da espécie Pipa pipa. Pode ser encontrado na Bolívia, Guiana Francesa, Brasil, Suriname, dentre outros países com  regiões subtropicais ou tropicais com alta umidade.

Seu corpo, quase completamente plano, pode chegar a 20 cm de comprimento, embora o seu tamanho padrão não ultrapasse os 13 cm. Uma de suas peculiaridades é a reprodução. O som emitido no momento da busca por parceiros não é semelhante aos tradicionais que estamos acostumados a ouvir. Em vez disso, emite um som agudo “clicando” um osso chamado hioide em sua garganta.

A fêmea libera, aproximadamente, 10 ovos, que acabam entrando na pele de suas costas após a fecundação pela movimentação do macho. Os ovos começam a afundar, transformando as costas da fêmea em um verdadeiro “favo de mel”.

As larvas se desenvolvem até que os girinos possam sair totalmente desenvolvidos. Após saírem, não costumam ter nenhum contato, começando a vida de forma solitária.

Confira o vídeo:

Uma reação química para abrir as portas do Inferno?

Ao misturar as substâncias NH4Cr2O7 e HgSCN, tem-se um resultado que bem poderia ser utilizado em filmes de terror.


Alguém poderia ser queimado na fogueira por algo assim durante a Idade Média. Ao misturar as substâncias NH4Cr2O7 e HgSCN, o que se tem é a impressão de ter aberto um portal para o submundo.

Ok, inicialmente, a coisa se parece como uma espécie de vulcão entrando em atividade. Mas o que dizer dos tentáculos que passam a “se espremer” pela fenda após algum tempo?

Células com apetite "zumbi" podem estar devorando o seu cérebro agora!


De acordo com uma notícia publicada pelo site New Scientist, o seu sistema imunológico pode estar devorando o seu cérebro neste exato momento. Segundo um estudo realizado por neurocientistas do Boston Children’s Hospital, um tipo de célula presente em nosso organismo parece sentir um apetite incontrolável pelos circuitos e conexões presentes no cérebro que não estejam sendo utilizados, mesmo que sejam saudáveis.

Segundo Beth Stevens, neurocientista responsável pela pesquisa, as células devoradoras em questão, conhecidas como micróglias, até então eram tidas simplesmente como organismos imunológicos, cuja função era a de proteger as células cerebrais e “fazer uma faxina” depois de infecções.

segunda-feira, 29 de julho de 2013

'Matrix' real?


Acredite se quiser: Físicos encontram evidências de que a nossa realidade pode ser uma mera simulação virtual. Fazemos nós parte do melhor videogame já criado?

Não, você não leu errado. De acordo com estudiosos cientistas da Universidade de Bonn, certos aspectos do nosso mundo físico são sustentados por elementos que indicam que a nossa realidade pode não ser nada mais do que uma simulação computadorizada.

A ideia de que somos apenas figuras sustentadas por tecnologias e intelectos superiores parece meio absurda, não é mesmo? O fato é que o cientista planetário Rich Terrile (NASA) acredita veementemente na teoria de que nossa vida não é nada mais do que um videogame.

Silas Beane foi o pesquisador que liderou um grupo de físicos que levantou uma hipótese muito interessante. Segundo as pesquisas, a teoria que mais ganha força é a de que somos uma simulação dentro de outra simulação dentro de outra e assim sucessivamente, com um cenário enriquecido em detalhes, que provavelmente se parece muito com a vida dos nossos “criadores”, para dar a impressão de realidade absoluta. Aparentemente, vivemos em um universo artificial e somos incapazes de nos darmos conta desse fato.

domingo, 28 de julho de 2013

Alergia a Água


Ashleigh Morris, 19 anos, não pode chegar perto do mar, caminhar na chuva ou lavar o rosto na parte da manhã, porque instantaneamente é sofrido uma erupção cutânea dolorosa por todo o seu corpo.

A fim de lhe dar uma idéia, a sua pele reage da mesma forma que qualquer pessoa, quando uma gota de água fervente cai sobre a pele. O que temos é um raro distúrbio de pele conhecido como Acuagénica urticária, ou seja “alergia à água”, a qual existem poucos casos no mundo.

10 Fatos extraordinários sobre os sonhos


10. Os cegos também sonham

Pessoas que ficam cegas depois do nascimento podem ver imagens durante os sonhos. As pessoas que nascem cegas não enxergam nada, mas possuem sonhos igualmente vívidos envolvendo seus outros sentidos: audição, olfato, tato e suas emoções. É difícil para pessoas que enxergam imaginar, mas o a necessidade dos sonhos para o corpo é tão forte que os cegos podem virtualmente manipular todas as situações com as quais sonham.

9. Você esquece 90% dos seus sonhos

Depois de cinco minutos acordados a metade do sonho já foi esquecido. Em 10m, 90% já se foi. O famoso poeta Samuel Taylor Coleridge acordou uma manhã depois de ter um fantástico sonho (possivelmente induzido pelo ópio) e começou a descrever seu “visão em um sonho”, que é um dos poemas ingleses mais famosos: Kubla Khan. Depois de haver escrito 54 linhas ele foi interrompido por um visitante indesejado. Samuel retornou ao seu poema, mas não pode lembrar o resto de seu sonho. O poema nunca foi concluído.

Curiosamente o autor Robert Stecenson inventou a história do Doutor Jeckyll e Sr. Hyde enquanto estava dormindo. Frankenstein, de Mary Shelley, também foi filho de um sonho da autora.

Estranho distúrbio faz homem ouvir as pessoas falarem antes de ver seus lábios se moverem


Um homem de 67 anos de idade, conhecido apenas pelas iniciais PH, possui uma falha cerebral rara que faz com que ele ouça as pessoas falarem antes de ver seus lábios se movem. O resultado final é que todas as conversas do pobre PH se assemelham a um filme mal dublado, em que o som e as ações estão fora de sincronia.

O homem é o primeiro caso confirmado da doença, que faz com que o cérebro processe a visão mais lentamente do que o som. PH começou a sofrer os sintomas inusitados após passar por uma cirurgia. “Eu disse à minha filha: ‘Ei, você tem duas TVs que precisam de sincronização!’”, conta. No entanto, PH logo percebeu que ele estava ouvindo sua própria voz antes de sentir sua mandíbula se movimentar.

Médicos realizaram exames em seu cérebro, que mostraram duas lesões em áreas que potencialmente desempenham um importante papel na audição, no tempo e nos movimentos.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Espartilho de Piercings. Você Faria?

Tem coragem de aderir a moda?


Moda é a tendência de consumo da atualidade. A moda é composta de diversos estilos o que podem ter sido influenciados sob diversos aspectos. Acompanha o vestuário e o tempo, que se integra ao simples uso das roupas no dia-a-dia. É uma forma passageira e facilmente mutável de se comportar e sobretudo de se vestir ou pentear.

Para criar estilo, os figurinistas utilizaram-se de cinco elementos básicos: a cor, a silhueta, o caimento, a textura e a harmonia. A moda é abordada como um fenômeno sociocultural que expressa os valores da sociedade – usos, hábitos e costumes – em um determinado momento. Já o estilismo e o design são elementos integrantes do conceito moda, cada qual com os seus papéis bem definidos.

A moda é um sistema que acompanha o vestuário e o tempo, que integra o simples uso das roupas no dia-a-dia a um contexto maior, político, social, sociológico. Pode-se ver a moda naquilo que se escolhe de manhã para vestir, no look de um punk , de um skatista e de um pop star, nas passarelas do mundo, nas revistas e até mesmo no fato que veste um político ou no vestido das avós.

FOTOS PROIBIDAS PARA QUEM TEM TOC

Para uma pessoa normal, ver essas fotos não significam muita coisa. Mas para que tem TOC (Transtorno Obsessivo-Compulsivo) não se pode dizer o mesmo, só quem tem sabe o quanto é ruim e incontrolável a necessidade de perfeição, de ver um objeto torto, uma sequência de pisos ou qualquer outro objeto, entre outros. A necessidade, a compulsão de querer ver tudo certo vai além da vontade da pessoa.


Japoneses fazem cirurgia nas mãos para alterar destino traçado

Será que não existira uma forma mais convencional para mudar o futuro?


De acordo com o “Metro”, os japoneses decidiram tomar seu futuro com as próprias mãos. Por isso, é crescente o número de moradores que se submetem a cirurgias plásticas nas palmas, com o objetivo de alterar o que o destino lhes reserva.

Leitura de mãos é algo extremamente popular no Japão, e as pessoas que não se veem contentes com o que os especialistas leem estão recorrendo a procedimentos estéticos para mudar o panorama. Com a ajuda de um bisturi elétrico que queima a pele, médicos conseguem colocar linhas de casamento ou fortuna na mão dos pacientes.

Mulher quer dar à luz um bebê de tubarão

Japonesa preocupada com a futura disponibilidade de comida no mundo propõe que os humanos "gerem" seus próprios alimentos.


Se a população mundial continuar crescendo no ritmo atual, e a isso combinarmos o fato de que, além de estarmos esgotando os recursos naturais também estamos alterando o clima do planeta, é inevitável que no futuro a humanidade enfrente uma séria crise de falta de alimentos. Para evitar essa situação, cientistas de todo o mundo vêm buscando formas de frear o aquecimento global e evitar que espécies animais e vegetais desapareçam da Terra.

Contudo, além de cientistas, existem cidadãos esquentando seus miolos com essa questão e, por mais estranho que pareça, uma mulher está disposta a transformar seu útero em incubadora e dar à luz animais, especialmente tubarões, para o consumo próprio. E ela vai mais longe: por que não persuadir outras mulheres a fazer o mesmo?

A idealizadora desse disparate é uma japonesa de 32 anos de idade chamada Ai Hasegawa, e o pessoal do site Vice conversou com a maluquinha para tentar entender o que se passa em sua cabeça.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

10 Coisas bizarras que as pessoas fazem em nome da moda

É curioso o que as pessoas podem fazer em nome da moda. Não estou falando de coisas corriqueiras como depilação escrotal. Nem de atitudes que muitos consideram estranhas, como alargamento de nariz, cabelos coloridos, cabeças raspadas, cultivo de feridas, bipartição da língua, e etc. Já falamos de algumas dessas coisas esquisitas aqui antes, e vamos começar por elas:

1-Dentinho de jacaré


A moda de fazer caninos protuberantes ganhou as “girlys” japonesas. Elas vão ao dentista e pedem para que eles ENTORTEM SEUS DENTES, colocando-os ligeiramente para fora, e aumentando-os de modo que pareçam mais protuberantes e animalescos. A moda se chama “Yaeba teeth”. Ao que parece, as meninas acreditam que os dentes caninos ressaltados as deixam mais bonitas e atraentes. Felizmente, o procedimento pode ser desfeito quando a moda passar, mas muitos dentistas entendem que certas alterações podem dar problemas, como afetar a oclusão e provocar efeitos colaterais como casos de ATM, perda de dentes, retração gengival, problemas inerentes à escovação e etc.

A mulher que só enxerga de cabeça para baixo

Bojana Danilovic sofre de uma doença bizarra que atraiu a atenção da comunidade médica.  Ela vê tudo de cabeça para baixo.

Ver o mundo de ponta-cabeça não impediu que a jovem Bojana, de 28 anos conseguisse fazer sua pós graduação em economia, mas todos se espantam quando ela faz a prova de cabeça para baixo e lê os livros com eles virados.


Especialistas da Universidade de Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, que examinaram o intrigante caso clínico de Bojana Danilovic dizem que ela sofre de uma rara condição cerebral chamado “fenômeno orientação espacial”.

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Sabe o Que é Isso?


O corpo humano é o lar de milhões de milhões de microorganismos, de bactérias a fungos. Alguns destes executam funções úteis para nós, como a flora que vive em nosso intestino e os que ajudam treinar o sistema imunológico. Mesmo aqueles que não têm efeito nos ajudam apenas estando ali – eles competem por recursos com microorganismos nocivos limitando seu crescimento.

Esses microorganismos podem dar fotos fascinantes, mas as fotos microscópicas são incompreensíveis quando você não sabe o que está olhando. A coluna amarela na foto é um fio de cabelo, e os objetos verdes são caudas (Sim u.u).

Esta é uma foto dos ácaros parasitas que vivem em seus cílios, sobrancelhas e cabelos, em seus ouvidos e outros lugares... xD

Por Quanto Tempo Você Sobreviveria com Autocanibalismo?


Muitos de nós já ouviram histórias de pessoas que sobreviveram a desastres e tiveram de recorrer a atitudes extremas, como canibalismo, para não morrer de fome enquanto aguardavam resgate. O internauta Rob Faraone imaginou uma situação um pouco diferente: se uma pessoa tivesse de comer partes de seu corpo, por quanto tempo sobreviveria?

A convite do site The Naked Scientists, o estudante de medicina Louise Anthony deu uma resposta a Faraone – e, como você lerá a seguir, as coisas são mais complicadas do que parecem.

“Primeiramente”, escreve Anthony, “assumimos que a cirurgia e as possíveis infecções não matariam a pessoa, e vamos ignorar a enorme quantidade de energia necessária para se recuperar desse tipo de ferimento”. Também seria preciso supor que a pessoa poderia preservar os órgãos para consumo e que teria uma maneira bastante criativa de se alimentar, já que eventualmente comeria os próprios braços.

Confie na corda!

Este inrcível balanço – algumas pessoas acham aterrorizante – tem o nome apropriado de “balancinho do fim do mundo”.


Basicamente ele fica amarrado com cordas numa árvore, que nasceu bem na beira de um precipício. As pessoas vão até lá para dar uma balançada sem nenhuma (absolutamente nenhuma) segurança de que farão um vôo sem escalas dali para o inferno.

Chineses e suas extravagâncias

Eu fiquei estarrecida em saber que na China, quanto mais fresco o peixe, mais valor ele tem. Esqueça essa conversa de olhar os olhos, as guelras. Na China, o animal tem que estar ainda vivo, se mexendo no SEU PRATO!


Para isso, eles fritam o animal ainda vivo, mas não completamente, pois isso tiraria o prazer mórbido do chinês de ver sua comida agonizar lentamente enquanto é lentamente esfacelata com hashis - palitinhos usados como talher.

O video é impressionante e me dá uma certa estupefação de ver o mórbido prazer com que algumas pessoas encaram a morte dos animais. Mesmo que para a alimentação (Sim, sou vegetariana!).

Parecem monstros de ficção científica, mas podem estar na sua casa

Parecem criaturas retiradas de uma obra de ficção científica. Ou monstros inimigos do Ultraman. Mas, cuidado, esses seres bizarros podem ser encontrados na sua casa, no seu jardim e até no seu corpo!

Eles são, na verdade, vermes, ácaros e outros insetos só perceptíveis com ajuda de poderoso microscópio. Os seres foram aumentados milhares de vezes e coloridos digitalmente por uma equipe científica alemã. O resultado é aterrorizante:

Tardígrado


Animal popularmente conhecido como urso d’água e considerado um dos mais resistentes da Terra. Apesar da aparência estranha, podem ser encontrados em vários locais do planeta, desde abismos marinhos até as montanhas mais altas. A maioria se alimenta do conteúdo de células vegetais. Resistentes, conseguem sobreviver a temperaturas que vão do zero absoluto a 150º C, mas também podem viver no vácuo do espaço por pelo menos dez dias.

terça-feira, 23 de julho de 2013

5 recordes mundiais pra lá de bizarros

Confira uma série de feitos incríveis e tremendamente estranhos.


É indiscutível que o Guinness Book está repleto de feitos incríveis, realizados por indivíduos que, de alguma maneira, ultrapassaram os limites da habilidade humana. Tradicionalmente, as conquistas geralmente envolviam ações sobre-humanas, no entanto, ultimamente começaram a surgir recordes pra lá de bizarros. O pessoal do Mental Floss publicou uma lista com alguns dos feitos mais estranhos já conquistados, e você pode conferir cinco deles a seguir:

Fetiche de lamber globo ocular tem causado conjuntivite no Japão

Especialistas temem que prática se popularize demais, visto que, além de conjuntivite, esse fetiche pode levar a lesões na córnea.


Médicos têm demonstrado preocupação com a popularização de um fetiche não muito comum, mas que tem atraído os jovens do Japão desde meados do ano 2000: trata-se do oculolinctus, ou seja, a prática de lamber o globo ocular de alguém.

De acordo com uma matéria publicada pelo The Huffington Post, esse tipo de ato tem causado conjuntivite em alunos na faixa etária dos 12 anos. E isso não é tudo: de acordo com o oftalmologista Dr. David Granet, a língua pode causar desgaste na córnea e, caso a pessoa não tenha higienizado bem sua boca antes de praticar o fetiche, é possível que ela acabe ferindo o olho alheio com o ácido presente em muitos elementos.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Máquina sueca transforma suor em água potável

Inventor já distribuiu mais de mil copos de água reciclada.


O inventor Andreas Hammar apresentou sua criação em Gothenburg, Suécia, na última segunda-feira e chamou atenção com seu projeto ambicioso: reciclar suor humano transformando isso em água potável. Nas demonstrações que ele fez até agora, mais de mil copos da água provenientes da máquina já foram distribuídos para a população da cidade que prestigiou o equipamento.

A invenção do sueco é uma variante do que é possível encontrar na Estação Espacial Internacional, onde os astronautas podem conseguir o líquido vital a partir de seu suor. Ainda assim, o aparelho apresentado por ele é mais eficiente e barato.

O dispositivo foi criado em parceria com a UNICEF e deve ser utilizado em áreas desérticas para levar água para pessoas que passam sede.

Roupa fedida = água pura