quinta-feira, 25 de julho de 2013

10 Coisas bizarras que as pessoas fazem em nome da moda

É curioso o que as pessoas podem fazer em nome da moda. Não estou falando de coisas corriqueiras como depilação escrotal. Nem de atitudes que muitos consideram estranhas, como alargamento de nariz, cabelos coloridos, cabeças raspadas, cultivo de feridas, bipartição da língua, e etc. Já falamos de algumas dessas coisas esquisitas aqui antes, e vamos começar por elas:

1-Dentinho de jacaré


A moda de fazer caninos protuberantes ganhou as “girlys” japonesas. Elas vão ao dentista e pedem para que eles ENTORTEM SEUS DENTES, colocando-os ligeiramente para fora, e aumentando-os de modo que pareçam mais protuberantes e animalescos. A moda se chama “Yaeba teeth”. Ao que parece, as meninas acreditam que os dentes caninos ressaltados as deixam mais bonitas e atraentes. Felizmente, o procedimento pode ser desfeito quando a moda passar, mas muitos dentistas entendem que certas alterações podem dar problemas, como afetar a oclusão e provocar efeitos colaterais como casos de ATM, perda de dentes, retração gengival, problemas inerentes à escovação e etc.

2-Boquinha cor de rosa


Esse é bizarro. Imagine você que o último grito da moda masculina lá na África, mais precisamente na Nigéria, é tatuar o lábio inferior de rosa. A principal razão para esta prática parece ser a de que as mulheres acham homens com lábios rosados mais atraentes (???). De acordo com Battabox.com , que documentou o procedimento no vídeo abaixo, os jovens pagam cerca de 7.000 naira da Nigéria (US$ 45) para ter seus lábios pretos limpos de excesso de pele e tatuado com uma tinta cor de rosa para torná-los mais apelativos.

Embora o cara no vídeo não mostrou quaisquer sinais de dor, a tatuagem permanente numa região sensível como os lábios pode não ser muito agradável. E isso sem falar nos riscos. Primeiro, há a dor associada com o processo, então a possibilidade de irritação da pele, bem como uma sensação prolongada de ardor e inflamação dos lábios. Se não for feito corretamente, pode até mesmo crescer quelóides. E considerando o tatuador no vídeo não usa sequer luvas de borracha, eu diria que o risco de aids/infecção é considerável.

Olha o vídeo aqui:


3-Moda do 1001


Se você achou que entortar os dentes e tatuar a boca de rosa pouco, pode adotar a moda que vem fazendo a cabeça (e a boca) da juventude na África do Sul. Arrancar os dentes da frente não é um modismo passageiro, meu. Na África do Sul, especialmente da Cidade do Cabo, isso já acontece há mais de 60 anos. É uma moda que atinge homens e mulheres que querem ficar mais bonitos (????).


Oito é o número ideal de dentes a serem extraídos, os incisivos, caninos e os primeiros pré-molares. Os jovens chamam a moda como “o sorriso de Cape Flats”, como homenagem ao bairro onde estão muitos praticantes desta modificação corporal.

Um estudo feito em 2003 sobre o assunto mostrou que os maiores motivos para a pessoa não ter os dentes da frente são a moda, pressão dos pessoas, razões médicas e violência das gangs. Uma pesquisa que entrevistou 2000 pessoas mostrou que 41% delas haviam retirado estes dentes. Delas 45% eram homens e 42% fizeram isso por pressão. Dez por cento perderam os dentes por causa das gangs.

Um professor da faculdade de odontologia da University of Western Cape afirma que toda semana muitos jovens vão lá para terem seus dentes saudáveis removidos, o que a ética da profissão proíbe. Isso não quer dizer que estas mesmas pessoas não acabem procurando profissionais que aceitam um pagamento maior para realizar as extrações. Na semana seguinte os mesmos jovens vão à faculdade para pedir próteses.


Esta prática de retirar os dentes frontais começou com pescadores. Como eles não conseguiam se comunicar no barco durante as pescarias, eles desenvolveram um assovio especial através destas fendas no sorriso. Isso foi pegando e hoje se tornou uma moda.

4-Dente preto/estragado


A moda de ter os dentes pretos aconteceu durante o reinado da dinastia da família Tudor ocorrida na Grã Bretanha nos anos de 1485 a 1603. Nesta época começou a ser conhecida uma iguaria que dava um sabor gostoso a determinados alimentos e essa iguaria era o açúcar. Alimento barato e corriqueiro em nossas mesas, o açúcar naquela época era raro, pois o cultivo da cana era em regiões tropicais, como no Brasil e nas Antilhas (América Central). O açúcar era monopólio de Portugal e era vendido muito caro. Como a demanda européia era alta, logo, logo o açúcar importado não era suficiente e os preços subiram absurdamente, chegando a uma época em que o açúcar tinha seu peso equiparado ao ouro.

Nessa época os Tudor primavam pelos banquetes com os mais variados doces e pagavam uma fortuna por isso. Por sua vez a plebe não tinha acesso ao açúcar. Ter uma mesa repleta dos mais variados tipos de doces era sinal de status e toda a nobreza correu para essa tendência.

Todavia, não existia ainda o conhecimento da cárie, mas ela já existia. Consequentemente, em pouco tempo a nobreza e a realeza estavam com os dentes estragados e enegrecidos pela atividade cariogênica das bactérias. Eram sorrisos horríveis, quando vemos da ótica da nossa época.

Entretanto, a nobreza e a realeza não viam dessa forma e passaram a ditar que quem possuísse dentes pretos é que estava na moda. Se a plebe tivesse dentes pretos seriam parecidos com os ricos.
Então a plebe passou a escurecer os dentes com fuligem para ficarem “na moda”.

5- Gengiva preta


Hoje, na Àfrica, mais precisamente no Senegal, mulher bonita tem que ter gengiva preta. Se a gengiva não for preta, a mulher “não tá com nada”. A moda entre as mulheres de tatuar as gengivas de preto é para ter um sorriso bonito. De acordo com elas, além de aparentar deixar os dentes mais brancos, o que realmente acontece em função do contraste, o procedimento também protege as gengivas e elimina o mau hálito. A técnica é antiga, mas só ficou conhecida fora do país em um vídeo recente publicado na internet, em que a jovem Mariéme aparece suportando as dores da tatuagem e, em seguida, se mostra satisfeita com os resultados.

No vídeo, ela paga uma mulher para fazer o procedimento, com tinta composta por uma combinação de óleo queimado e manteiga de karité. “As mulheres não devem ter gengivas vermelhas. O sorriso precisa ser encantador. Um belo sorriso atrai os homens”, justifica a tatuadora.

No início, a mistura é pressionada na gengiva e em seguida a tatuagem é feita com picadas repetidas de agulhas. “Eu nunca recomendaria essa tortura para ninguém”, disse Mariéme durante o processo, visivelmente incomodada. Apesar disso, ela parece esquecer as dores ao ver os resultados: “eu não me arrependo agora que tenho gengivas bonitas. É necessário ser bonita e atraente”.


6- Led Bucal


O Led Bucal surgiu (onde mais?) no Japão e é a última moda na balada eletrônica. Criado pelos designers Motoi Ishibashi e Daito Manabe, este “Led Dental” foi desenvolvido como um experimento, para ser usado apenas em um comercial da coleção de inverno de uma famosa loja de roupas japonesa. As dentaduras são fixadas nos seus dentes como uma espécie de protetor com uma lâmpada, e quando você sorri a luz muda de cor.

De acordo com o Daily Mail, as colegiais japonesas já adotaram a ideia e estão anunciando o produto como “uma festa na sua boca”.


7- Tatuagem anal


Acredite ou não, a tatuagem anal virou moda mesmo. Hoje garotas do mundo todo (e alguns garotos) que antes se submetiam ao bizarro ato de nome peculiar: CLAREAMENTO ANAL – estão também TATUANDO O ÂNUS. Há toda sorte de coisas que se pode desenhar no roskoff, tribais, flores, dizeres, nomes de visitantes… Aliás nome de visitantes foi a opção dessa dadivosa menina que fez sua tatuagem anal em meio a um evento na Flórida, ante os olhos estupefatos de uma pequena multidão que acompanhou em tempo real esse momento sublime da moda. Segundo ela, dois nomes de ex-namorados foram gravados no ânus e garantiu que tatuar no local é “muito, muito bom”.

8- Aparelho fake


Enquanto os aparelhos são considerados uma coisa que enfeia as pessoas em alguns países ocidentais, isso não é assim em todo lugar. Crianças em países como Tailândia, Indonésia e China, no entanto, pensam de forma muito diferente. Para eles, os aparelhos se tornaram uma questão de moda enorme adolescente. Mesmo não precisando ou não podendo pagar, a solução é usar um aparelho fake!

Por incrível que pareça, há realmente uma razão por trás disso. Assim como ser gordo foi atraente no passado, – como um sinal de prosperidade – os aparelhos para as crianças asiáticas são um sinal de riqueza, status e estilo. O motivo: os genuínos aparelhos ortodônticos são bastante caros. Um conjunto deles em Bangkok custaria cerca de US$ 1.200. Assim, todas as crianças querem vestir o que os garotos ricos estão vestindo. Os aparelhos também são populares entre as celebridades mais jovens e os ícones da juventude, como o galã da Indonésia Andika Kangen e as cantoras pop da Tailândia.

9- As botinhas do México


Fantasia de carnaval? Aposta? Roupa de show de calouros? Errou. O cara está arrumado na última moda para sair para a balada. Acredite! As botinhas do bicão viraram uma febre no Mexico e hoje você só é fodão se usar uma dessas. Quanto mais pontuda, mais “o cara” você se torna na balada.

Não basta o chapéu, não basta a botinha, tem que fazer o revolvinho imaginário.


10- O facekini


Banhistas costumam usar protetor solar e guarda-sol para se certificar de que eles não vão se queimar demais, mas na China a moda agora é usar algo chamado de ” facekini “.


O facekini é considerado “A última tendência de moda praia na China”, mas ao que parece, o uso das máscaras bizarras tem sido populares há no mínimo uns cinco anos. O item de vestuário bizarro é feito de tecido elástico, cobre toda a cabeça de uma pessoa e tem furos cortados para o pescoço, nariz e boca. Eles parecem muito assustadores, mas isso é um preço muito pequeno a pagar para proteger-se do sol. Ocorre que o ideal de beleza na china é a mulher ser o mais branca possível, e como conciliar isso com um mergulho em dia de sol? A solução é o facekini!

Um comentário:

  1. EU CUSPI NA TELA QNDO VI A BOTINHA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Esse blog é muito foda, mas essa postagem... KKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir

Não deixe de se expressar!
Sua opinião é muito importante para nós.