sábado, 28 de setembro de 2013

O que é o nada? Muito mais complicado do que parece

Lawrence Krauss foi o físico teórico que nos explicou como o universo pode ter vindo do nada e como a física quântica suporta estas afirmações. No vídeo ele explica como um conceito aparentemente simples como o nada pode ser tão complexo de se definir.

O nada do vácuo do espaço sideral é cheio de coisas e pode vir a se tornar algo se houver tempo suficiente, de acordo com a mecânica quântica. No fim do vídeo Lawrence fala de um conceito de nada da física que pode ser o mais preciso que há.


Ative a tradução das legendas para português.

Fonte: http://hypescience.com/

sábado, 21 de setembro de 2013

A mulher que vê 99 milhões de cores a mais que você

Normalmente, um ser humano enxerga um milhão de cores distintas, o que já é algo incrível. Mas pela primeira vez, cientistas descobriram que uma mulher é capaz de enxergar nada menos que 100 milhões de cores. 


Enxergamos as cores devido à 3 células da retina denominadas cones, onde cada uma é excitada por um comprimento de onda diferente. Quando estamos com os olhos abertos, sinais luminosos chegam a esses cones, que por sua vez os transformam em sinais eletroquímicos que são enviados ao cérebro, que interpreta os sinais e produz uma sensação: a cor. 

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Tailandesa acha gatinho dentro de salsichão

Durante a refeição, mulher encontra corpo de filhote de gato no meio da comida.  :'(


Uma mulher encontrou algo triste e inusitado dentro de um salsichão. Krod Yotchomrang, 52, comprou o alimento em um mercado em Satuk, Buri Ram, Tailândia. Depois de preparar o alimento e começar a comer veio a surpresa.

Ela estava cortando a terceira salsicha, quando encontrou algo que parecia um gatinho. Krod retirou o objeto o corpo estranho de dentro do alimento veio a confirmação: era um filhote de gato. A mulher relata que a familia quase vomitou ao perceber o que estavam comendo.

Depois do choque, a família, comovida, montou um pequeno altar em sua casa onde velaram o animal. Vizinhos e até mesmo pessoas desconhecidas vieram ver o felino.

Síndrome rara leva homem a produzir álcool no próprio intestino


Começa parecendo uma anedota e termina como um relato médico de deixar os fãs de cerveja querendo uma infecção: um cervejeiro de 61 anos chega a uma emergência médica no Texas se dizendo enjoado. Os médicos desconfiam, aplicam o teste do bafômetro e o equipamento detecta a taxa de 0,37% de álcool no sangue do sujeito embriagado, que jura não ter ingerido uma gota de álcool sequer desde que acordou.

O desfecho é inacreditável. A esposa, que já acompanhava os enjoos do marido havia tempo, disse que ela mesma tinha um bafômetro para lidar com suas bebedeiras espontâneas. A chefe de enfermagem Barbara Cordell e o gastrenterologista Justin McCarthy desconfiaram e colocaram o homem em isolamento, vai que o homem era um alcoólatra que disfarçava o problema.

O cérebro humano mais estranho já visto

Esta é uma notável fotografia do que antes era um cérebro humano adulto efetivo, mas sem as dobras e saliências características. Mas como os registros médicos do paciente foram perdidos, nós nunca saberemos como era a vida para essa pessoa.


A pessoa a quem este cérebro extraordinário pertencia era um residente do que hoje é o North Texas State Hospital, um centro de saúde mental. Ele ou ela morreu em 1970. O frasco que contém o cérebro é rotulado com um número de referência, mas o microfilme contendo os registros médicos do paciente foram perdidos. 

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

6 criaturas 'fofas' que você achava inofensivas

6. Estrela-do-mar são predadores mortais


Para muitos, estrelas do mar não passam de criaturas sem cérebro, cegas, surdas e sem cabeça que se sentem tão em casa que a única coisa que fazem é se secarem na praia e voltar para a água. É quase impossível parecerem seres intimidantes, correto? Errado!

Sim, estrela do mar são amantes vorazes de carne, consumindo qualquer coisa que conseguem pegar: ostras, peixes, caracóis. Se fôssemos suficientemente pequenos, provavelmente também estaríamos no cardápio. Mas talvez você esteja se perguntando como elas digerem o material que coletam, uma vez que não têm dentes, mandíbulas, ou algo remotamente parecido como a boca. Simples: Eles cospem seu pegajoso ácido estomacal para fora de seu corpo para pegar sua presa, digerindo-a por horas, às vezes dias.

Outra estrela do mar, apropriadamente chamada de emboscada do mar, pega suas presas elevando-se, formando uma pequena e adorável tenda. A presa pensa que encontrou abrigo para se esconder de predadores... E em seguida, é digerido.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Cobra que estava mergulhada em álcool há 3 meses "ataca" mulher na China

Na Ásia, é comum beber uma espécie de licor de serpente para curar alguns problemas de saúde. Bom, parece que não funciona...


Asiáticos e seus métodos curiosos de garantir uma boa saúde. Talvez você não saiba, mas é comum que nos países daquele continente algumas pessoas consumam um licor feito de cobra embebida em uma espécie de álcool. Acredita-se que a estranha bebida tenha poderes de revitalização e faça muito bem à saúde, de um modo geral. Não é incomum, portanto, que muitas pessoas tenham cobras em conserva em suas casas. Para consumo.

domingo, 8 de setembro de 2013

Conheça Kenny, o tigre com Down


É de conhecimento mundial que a ação do homem na natureza tem gerado problemas graves, tanto nas florestas quanto nas espécies animais. Em uma dessas tentativas de mudar o curso natural da reprodução de tigres albinos, nasceu Kenny, o primeiro de sua espécie com uma falha cromossômica que resultou em uma síndrome similar à de Down.

Kenny foi resgatado em um cativeiro particular nos Estados Unidos, onde o criador estava cruzando tigres irmãos para a reprodução.

A demanda por animais considerados exóticos, como os tigres brancos, para colecionadores, zoológicos e parques tem aumentado a cada dia, e os criadores arriscam a reprodução dos animais ideais da espécie, com focinho grande, olhos azuis e pelos brancos.

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Gata mais velha do mundo está prestes a completar 28 anos

Cola chega a ser mais velha do que sua dona, já sua idade corresponde a 140 anos para os gatos!


Pode não parecer, mas o felino da foto acima se prepara para comemorar o seu 28º aniversário. Isso mesmo! A gatinha Cola é mais velha do que muitos de nós.

Chegando a uma idade avançada, a pequena Cola é cuidada por Mary Goldsmith, uma senhora de 66 anos, mas que é como uma jovem em comparação com seu animal de estimação. Mary revelou ao portal Metro que o segredo da longevidade de Cola é “muito amor, atenção e cuidados”.

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Prédio que reflete o sol vira ameaça


Um novo arranha-céu de Londres, apelidado de walkie-talkie, tem sido alvo de críticas e protestos pelos moradores da cidade. E não é para menos, pois a arquitetura do prédio está causando transtornos. Isso porque a sua estrutura espelhada e curvada reflete os raios do sol com muita intensidade, atingindo uma área de tamanho razoável em uma calçada próxima à construção.

Essa reflexão de grande intensidade, que atinge a Rua Eastcheap, é tão forte que chegou a derreter as partes de um carro que estava estacionado próximo a essa calçada. O proprietário do Jaguar preto atingido pelos raios, Martin Lindsay, estacionou o automóvel na última quinta-feira à tarde naquela rua. Quando ele voltou cerca de duas horas depois, encontrou partes de plástico rígido de seu carro, incluindo o espelho retrovisor e painéis, derretidas. O.o

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Quem são os animais do desenho do Bob Esponja?


O Bob Esponja é uma Esponja-do-mar. Ao contrário do personagem, as esponjas, animais pertencentes ao Filo Porifera, são organismos primitivos e sésseis (não se movem) e são os animais mais simples que existem, com tecidos parcialmente diferenciados, porém sem músculos, sistema nervoso, nem órgãos internos. A maior parte das esponjas é marinha, alimentam-se por filtração, bombeando a água através das paredes do corpo e retendo as partículas de alimento nas suas células. Nem todas as esponjas são amarelas, existem esponjas de todas as cores!

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Frank e Louie, o gato de duas faces

A maioria dos gatos com duplicação crânio-facial (ou diprosopia) não sobrevive por mais do que algumas horas, mas o caso de Frank e Louie é diferente: ele já completou 13 anos de vida!!!


Apesar dos dois nomes, o gato é um só (não tem dois cérebros, por exemplo), já que sua condição não foi causada pela união de dois embriões, mas por uma proteína chamada “Sonic Hedgedog Homolog” (sim, o nome da proteína faz referência ao personagem de videogame Sonic).

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

5 produtos japoneses para escapar do calor

Após o desastre envolvendo a usina nuclear de Fukushima, o governo japonês organizou uma campanha intensiva para convencer a população a limitar a um mínimo possível a utilização de energia. Dessa forma, não falta quem busque métodos alternativos para escapar dos períodos mais calorentos do ano, o que acabou por fortalecer enormemente determinado setor do mercado.

Grandes varejistas passaram, inclusive, a reservar andares inteiros apenas para máscaras, géis, espumas e até sutiãs para resfriar um pouco a temperatura — removendo impurezas da pele e desodorizando, em alguns casos. Confira abaixo cinco das opções mais populares no mercado japonês:

1. Espuma refrescante/ornamento corporal


Intitulada “Hokkyoku Monogatari” — “Contos do Polo Norte”, em uma tradução direta —, essa espuma azul transmite uma sensação de refrescância assim que entra em contato com a pele. E há ainda uma vantagem estética óbvia: o material pode facilmente virar um colar, pulseira ou desenho na pele.

Candiru, o peixe assassino

O Candiru (Vandellia cirrhosa), também chamado de canero ou peixe-vampiro, é um peixe de água doce que pertence ao grupo comumente chamado de peixe-gato. Ele é encontrado no Rio Amazonas, no Rio Madeira e nos seus afluentes e tem uma reputação entre os nativos de ser o peixe mais temido naquelas águas, até mais que a piranha! A espécie cresce até dezoito centímetros e tem forma de enguia, tornando-o quase invisível na água. O candiru é um parasita. Ele nada até as cavidades das guelras dos peixes e se aloja lá, se alimentando de sangue nas guelras, recebendo assim o apelido de "peixe-vampiro".