segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Huang Huang, o cão que procura diariamente seu dono em um ponto de ônibus na China

Já fazem 15 dias que o cãozinho vem realizando as visitas. Quando chega no ponto de ônibus, localizado na cidade de Chengdu (China), ele sobe no transporte público e fareja cada assento em procura de algum rastro de seu dono.


Segundo os motoristas o cão chega a passar mais de 10 horas diárias subindo cada ônibus e repetindo sua busca. À noite o animal se vai, mas sempre volta ao dia seguinte.

domingo, 3 de novembro de 2013

SÍNDROME DO TEMPO PERDIDO


Não são poucas as pessoas que atualmente sofrem da "Síndrome do Tempo Perdido", mas que não sabem da existência desta patologia. Os sintomas que caracterizam esta síndrome são: falta de tempo, medo de perder tempo e o excesso de tempo.

No mundo moderno, as pessoas têm que produzirem cada vez mais, pois as empresas querem ver resultados. Se o indivíduo não atende as expectativas do mercado, a própria empresa o projeta para o mercado de trabalho. Com isso, cada vez mais aumenta o número de horas que as pessoas precisão para atender a demanda de trabalho, diminuindo o número de horas que tem para si. Isso colabora para o surgimento dos sintomas de angústia, ansiedade, fadiga, estresse, depressão, pânico. Algumas pessoas chegam a dizer que o dia precisaria ter mais de 24 horas, pois assim, conseguiria realizar tudo o que tem para fazer. Doce ilusão, pois com certeza, aumentaria o número de compromissos a cumprir. As pessoas passam a se justificar através da falta de tempo, mas na realidade estão é justificando o sentimento de culpa que carregam consigo por não terem tempo para fazerem tudo o que gostariam.

sábado, 2 de novembro de 2013

Vint Cerf acredita em internet que nos ligaria a animais e aliens


Vint Cerf é, sem sombra de dúvidas, um dos homens mais importantes do mundo como conhecemos hoje, sendo um dos pais da internet. No entanto, muitos ficaram incrédulos com os comentários feitos por ele durante um painel do TED, que discutia novas tecnologia de comunicação com animais.

Segundo o blog oficial do evento, Cerf disse que acredita em uma internet que não serviria apenas para comunicação entre nós, humanos, mas sim uma “internet interespécies”. Sim, você leu direito: ele quer uma rede que vai nos ligar ao seu cachorro, gato e até mesmo a aliens, de acordo com ele.

A ideia, embora possa parecer estranha, tem fundamento. O fato é que estamos “começando a aprender como nos comunicar com espécies que não são nós, mas compartilham um mesmo ambiente sensorial”, disse ele. E aí, está preparado para ver seu bichinho de estimação twittando que está com fome ou dando um “Like” no seu post do Facebook? Pensando bem, não estamos tão longe disso, já que um em cada dez bichos de estimação já usam redes sociais...

Fonte: http://www.megacurioso.com.br/