quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Saiba quantos anos você tem e quando seria seu aniversário em outro planeta



Como você sabe, cada dia aqui na Terra têm duração de — aproximadamente — 24 horas, que corresponde ao tempo que ela leva para completar uma rotação sobre o seu próprio eixo. Como você também sabe, os anos terrestres têm duração de cerca de 365 dias, que é o período que o nosso planeta demora para realizar uma órbita completa ao redor do Sol.

No entanto, esse intervalo não é o mesmo em todos os planetas do Sistema Solar. Por exemplo, que cada ano em Júpiter equivale a 12 anos terrestres, que em Urano eles correspondem a 84 anos do nosso planeta e que em Netuno, cada ano equivale a 164,8 anos dos nossos.

sábado, 15 de agosto de 2015

O som do Big Bang

Físico recriou o som do Big Bang

John Cramer, físico da Universidade de Washington, nos EUA, conseguiu recentemente algo inédito: recriar o som do Big Bang (ou pelo menos algum tempo após o evento inicial), o evento que deu origem ao universo há cerca de 13,8 bilhões de anos. A façanha foi feita através de dados coletados pelo satélite Planck, da Agência Espacial Européia.

Aproximadamente 13,8 bilhões de anos atrás, toda a matéria e energia que vemos no universo atual estavam espremidas em um minúsculo ponto infinitamente quente e denso, chamado pelos cientistas de singularidade. Esse ponto passou a se expandir por causa da pressão colossal e originou o nosso universo. A teoria do Big Bang explica muito bem o que acontece a partir dessa expansão.

sábado, 8 de agosto de 2015

As 10 estrelas mais brilhantes do céu

Vamos ver quais são as 10 estrelas mais brilhantes do céu noturno, a partir do ponto de vista de um observador na Terra. Aqui não vamos levar em conta o nosso Sol, dado que obviamente esta é a estrela mais brilhante vista a partir do nosso planeta.

Quando olhamos para o céu, podemos ver muitas estrelas mesmo à vista desarmada, sem recorrer a nenhum instrumento de observação. Entre tantas estrelas, quais são as estrelas mais brilhantes? É a resposta a esta pergunta que este artigo pretende responder. Algumas dessas estrelas são na verdade um sistema de 2 ou mais estrelas ligadas gravitacionalmente, que a partir de um observador da Terra parecem ser apenas uma estrela. É a partir deste ponto de vista que vamos classificar as estrelas conforme o seu brilho.

Segue-se então a lista das estrelas mais brilhantes. Para cada uma delas é referida a sua respetiva magnitude aparente. Para saber o que é a magnitude aparente veja o artigo: Grandezas e Unidades de Medida
Astronómicas.